Facebook Twitter

AGENDA

INFORMAMOS QUE O SINDICATO E SUB SEDES ESTARÃO FECHADAS NAS SEGUINTES DATAS: SEDE BLUMENAU (Centro) De 19 de dezembro até 09 de janeiro de 2019 Retorno das atividades no dia 10/01/2019 (quinta-feira) SUB-SEDES (Testo Salto, Vila Itoupava, Gaspar e Indaial): De 17 de dezembro até 17 de janeiro de 2019 Retorno no dia 18/01/2019 (sexta-feira) Desejamos a todos os trabalhadores, sócios e aposentados têxteis, um bom fim de ano, boas festas e próspero ano novo.

Faça sua denúncia
Sindicalize-se
Colônia de Férias Sintrafite
Livro Palavra de Mulher
Cartilha Sintrafite 2012
Links Recomendados
Sintrafite no Facebook
Sintrafite no Twitter

No Brasil, mãe recebe até 40% menos

11/12/2018

 No Brasil, mãe recebe até 40% menos

 

As mulheres enfrentam um outro desafio no mercado de trabalho - quanto mais filhos elas têm, menor é o salário que elas ganham. A diferença não é pequena, uma brasileira com três ou mais filhos recebe até 40% menos que uma colega que não é mãe.

Números da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, do IBGE, compilados pela consultoria IDados apontam que, enquanto mulheres sem filhos ganham em média R$ 2.115 por mês, ter o primeiro filho reduz o salário em 24%. Se a família crescer e o número de crianças chegar a três ou mais, a queda no rendimento é de quase 40%.

Para diminuir distorções, o levantamento considerou trabalhadoras de 25 a 35 anos e casadas. Nesse grupo, as que têm filhos são a maioria no mercado de trabalho. No primeiro semestre, elas somavam 2,92 milhões de trabalhadoras, contra 1,36 milhão das que não são mães.

 
Alguns fatores, como questões culturais, falta de acesso a creches e dificuldades para conciliar os cuidados familiares com o aprimoramento da formação ajudam a explicar a desigualdade salarial entre as mulheres com filhos das demais, diz o pesquisador do IDados, Bruno Ottoni.

Ele cita, ainda, que grande parte do problema se deve à falta de políticas públicas pensadas para manter a mulher no mercado de trabalho. O Brasil terminou o ano de 2017 com menos da metade das crianças de zero a três anos matriculadas em creches em todos os Estados. Só 32,7% das que estão nessa faixa etária são atendidas, segundo o IBGE.

 
Outras Notícias

Sindicato

Formação

Benefícios

Sintrafite - Rua Dr. Luiz de Freitas Melro, 365 | 47 3326 1555

Dataprisma Comunicação Interativa Blumenau